Como a diversidade étnica influencia o crescimento económico? Abra-se a tese

Economista, professor universitário, investigador e consultor, Pedro Albuquerque Dias examina na sua tese de doutoramento, o impacto da diversidade étnica no crescimento económico, concluindo que os países multiétnicos têm maior potencial de crescimento do que os conservadores. O tema é indissociável da sua própria história: nascido em Moçambique, vive em Portugal desde oito anos. Amanhã partilha a sua jornada n’ O Lado Negro da Força.

por Afrolink

Numa União Europeia onde a retórica anti-imigração se expande, ancorada na ascensão de partidos de extrema-direita, a tese de doutoramento do economista e professor universitário Pedro Albuquerque Dias deveria ser de leitura obrigatória.

Intitulada “Impressions on immigration and economic growth” (Impressões sobre imigração e crescimento económico), a investigação analisa os efeitos da mudança demográfica no crescimento económico, introduzindo a imigração como fonte dessa transformação.

A conclusão, assinala o também investigador e consultor, é de que “a diversidade étnica pode ser um factor decisivo para o crescimento económico, e que os países multiétnicos têm maior potencial de crescimento do que os conservadores”.

O economista nota que a diversidade étnica influencia a inovação e a produtividade do trabalho.

Debruçando-se em particular sobre a realidade vivida na União Europeia, Pedro Albuquerque Dias conclui que “o prosseguimento de políticas anti-imigração tem um considerável impacto desfavorável ao crescimento económico”.

O especialista sublinha ainda que “as instituições, democraticamente eleitas, desempenham um papel decisivo em relação aos resultados socioeconómicos da imigração multiétnica”.

O tema é indissociável da trajectória do economista, nascido em Moçambique e, desde os 8 anos, a viver em Portugal.

Além da licenciatura e doutoramento em economia – respectivamente pela Universidade Nova de Lisboa e pela Universidade do Minho –, o investigador tem ainda uma pós-graduação em Análise de Dados pela Universidade do Porto e um mestrado em Economia Social, no qual defendeu uma tese sobre crescimento económico de erradicação da pobreza.

Da teoria à prática, na história de Pedro Albuquerque Dias também há espaço para a intervenção política, um dos assuntos pelos quais passaremos amanhã, n’ O Lado Negro da Força.

Para acompanhar a partir das 21h, em directo no Facebook e no YouTube.