ARTIGOS

Todos os naipes contam

Últimos artigos

Enciclopédia Negra

Impressas nas páginas de uma obra desde Março passado, e até ao próximo dia 8 de Novembro presentes no catálogo de uma exposição, “Enciclopédia Negra” dá-nos a conhecer mais de 550 personalidades negras, cujas vidas marcaram a História brasileira. “São profissionais liberais; mães que lutaram pela alforria da família; activistas e revolucionários; curandeiros e médicos; líderes religiosos que reinventaram outras Áfricas no Brasil, pessoas cujas feições foram apagadas pela História”, lemos na sinopse da obra, a partir de Maio prolongada numa mostra com 103 retratos, criados por 36 artistas negros. A exposição cumpre o propósito do livro, assinado por Flávio dos Santos Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz, e está organizada em seis núcleos temáticos, segundo o perfil e a luta de cada figura representada. O resultado, patente na Pinacoteca de São Paulo, junta “Rebeldes”, “Personagens Atlânticos”, “Protagonistas Negras”, “Artes e Ofícios”, “Projectos de Liberdade” e “Religiosidade e ancestralidades”. Unidos para “passar em revista a história do Brasil, da colonização aos dias actuais, a fim de restabelecer o protagonismo negro”.